Stephen Hillenburg, o criador do Bob Esponja, se foi, mas deixou um legado enorme com a sua grande criatividade e seus personagens caricatos e engraçados.

Antes de ser criador de animações, Hillenburg ensinava biologia marinha e para dar um toque visual ao currículo de seu curso, ele escreveu e desenhou uma revista em quadrinhos informativa intitulada The Intertidal Zone.

Esta revista falava de animais antropomórficos e exibia uma esponja do mar em particular. Com o desenrolar da história, os quadrinhos educacionais acabaram se tornando uma das mais famosas animações da história: Bob Esponja Calça Quadrada.

Mas antes disso, ele sempre teve gosto pela arte. Principalmente depois que um de seus professores o elogiou em 1970 (quando ele estava na escola e na época da Guerra do Vietnã), por uma ilustração dele sobre soldados na guerra que, ao invés de se matarem, se beijavam e se abraçavam.

Depois de ter a ideia de sua história em quadrinhos rejeitada por editoras (e continua sem editora até hoje), ele seguiu para a escola de CalArts e criou duas animações em 1992: The Green Beret e Wormholes.

Green Beret: A primeira animação do criador do Bob Esponja

Nesta animação, o artista já traz bastante ironia e critica o estilo de vida norte-americano, em que as pessoas ficavam grudadas na TV como zumbis, assistindo o dia inteiro.

A história traz um personagem que fica em sua poltrona ao lado do cachorro, vendo TV, até uma pequena garotinha escoteira e com mãos gigantes aparecer e bater na porta para vender biscoitos.

Wormholes, a animação que abriu portas para o artista

Como produto de tese para o seu curso, Hillenburg criou a animação Wormholes, que falava sobre a teoria da relatividade e buracos de minhoca. Apesar de não ter a animação em lugar algum na Internet, ela era descrita como “um filme poético baseado no fenômeno relativista”.

Chegou a ser exibido em vários festivais, incluindo o Ottawa Film Festival, onde o artista conheceu Joe Murray, criador do desenho “A Vida Moderna de Rocko”. Depois de ver Wormholes, Murray ofereceu o papel de diretor em seu desenho para a Nickelodeon.

A partir daí, conhecemos a história.

Veja mais sobre o mundo geek!

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pin