A possibilidade de ocorrer o que a saga “Planeta dos Macacos” previu ficou um pouco mais alta. Pela primeira vez, cientistas criaram macacos com gene modificado para tornar os cérebros de deles mais parecidos com humanos.

Segundo pesquisas recém-publicadas, os macacos rhesus apresentaram memórias superiores do que os macacos da mesma espécie que não foram alterados geneticamente.

Isso, claro acendeu um debate fervoroso sobre a ética e até onde cientistas deveriam realizar experimentou com genes.

A equipe de cientistas chineses editou a versão humana de um gene chamado MCPH1 nos macacos.

Este novo gene faz o cérebro dos macacos se desenvolverem de forma diferente, em uma linha do tempo mais parecida com a dos humanos.

Segundo o jornal China Daily, esses macacos alterados tiveram melhores tempos de reação e memória de curto prazo se comparados com macacos inalterados.

Mas nem todos estão a bordo.

“O uso de macacos transgênicos para estudar genes humanos ligados à evolução do cérebro é um caminho muito arriscado”, disse James Sikela, geneticista da Universidade do Colorado, ao MIT Technology Review. “É uma questão clássica e escorregadia e que podemos esperar que aconteça à medida que esse tipo de pesquisa é buscada”.

O MIT Tech relata que a identificação do papel do gene na inteligência pode ajudar os cientistas a entender como os seres humanos evoluíram para ser tão inteligentes.

E eles dão a entender que o objetivo é realmente este. E que não há risco de uma revolta no estilo “Planeta dos Macacos”.

Veja mais sobre ciência!

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pin