O revival da série antológica clássica da década de 90 Are You Afraid of the Dark? (Clube do Terror) retorna pela Nickelodeon em uma primeira temporada com história assombrosa e um mundo dedicado aos fãs do terror.

A série apresenta um novo grupo Sociedade da Meia-Noite, formado por adolescentes outsiders do ensino médio que têm um apreço especial pelas histórias de terror. Os encontros acontecem ao redor de uma fogueira na floresta, onde os membros compartilham contos nascidos de suas imaginações.

Clube do Terror retorna dos anos 90 como uma homenagem ao terror
Com homenagens ao mestres do terror, Clube do Terror retorna como uma carta de amor ao gênero

O primeiro conto, narrado em três capítulos de uma hora, é fruto dos pesadelos de Rachel com o circo misterioso Carnaval da Perdição, que passa pelas cidades levando o espetáculo tenebroso de Sr. Tophat e, com ele, algumas crianças.

O grupo é formado por Rachel (Lyliana Wray), Gavin (Sam Ashe Arnold), Akiko (Miya Cech), Louise (Tamara Smart) e Graham (Ray Taylor), um elenco de jovens atores que incorporam personagens bem construídos e carismáticos – cada qual sua característica e personalidade marcante conquista o espectador rapidamente.

As aventuras que eles seguem para desvendar acontecimentos misteriosos após Rachel apresentar seu conto na fogueira tem um gostinho de Stranger Things, mas a grande diferença é que se trata de um mundo e personagens dedicados puramente ao gênero do terror.

O enredo é repleto de easter eggs que honram mestres do gênero, e são lançados sutilmente ao longo da narrativa. Você realmente precisa ter sua enciclopédia pessoal para pescá-los.

Desde o nome da cidade “Argento”, que se refere ao diretor italiano Dario Argento (Suspiria), até o sobrenome dos personagens: Rachel Carpenter como Jon Carpenter (They Live), Graham Raimi como Sam Raimi (Evil Dead). Inclusive o irmão de Akiko, Hideo, é uma homenagem ao designer de jogos Hideo Kojima (Death Stranding).

Os diálogos discutem desde o que define o “terror” até porque somos fascinados por ele. Sendo que cada um dos integrantes tem uma relação diferente com o gênero: tem aqueles que gostam de contar histórias ou ouvi-las, de sentir medo e até quem o veja como narrativa puramente cinematográfica.

Clube do Terror apresenta uma história envolvida pelo terror psicológico, deixando de lado as cenas sanguinárias e violentas. A atmosfera tensa que paira sobre os personagens mantém a característica das séries de terror teen da década de 90, que eram simplesmente aterrorizantes, como Goosebumps – a semelhança não é mera coincidência.

Parecido com um pesadelo cujos medos da imaginação infantil se manifestam livremente. Mas a tensão é bem equilibrada com as doses de comédia especialmente trazida pela ingenuidade do personagem Graham.

A trilha sonora tem papel vital na hora de criar essa sensação lúdica de que há sempre uma ameaça por perto e algo de terrível vai acontecer a qualquer momento.

O reboot é praticamente uma carta de amor do diretor Ben David Brabinski ao gênero, como ele mesmo revela. Seu conceito narrativo aproxima a ideia de que os personagens têm a liberdade de narrar, conduzir e dirigir todo o enredo.

Are You Afraid Of The Dark da década de 90 e o reboot de 2019 funcionam muito bem para todas as idades: se você cresceu gostando de sentir medo com os filmes do gênero, vai encontrar muitas referências e identificações com os personagens. A nova geração também encontrará um caminho para o submundo fascinante e horripilante do terror.

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pin