Paleontologistas da Virginia Tech descobriram o dinossauro mais antigo da África, ao menos até onde temos conhecimento de nossa história. Ele foi nomeado como Mbiresaurus raathi, um membro da família sauropodomorpha – herbívoro com pescoços largos. O achado foi publicado na Nature no fim de agosto, revelando todos os detalhes do novo réptil para o mundo todo.

O nome de Mbiresaurus raathi é uma homenagem às origens africanas e da região do Zimbábue. “Mibre” é o nome do distrito onde os fósseis do animal foram encontrados e uma homenagem à dinastia Shona que dominou a região por muitos anos. Raathi homenageia Michael Raath, o primeiro profissional que registrou a presença de ossos na área nortenha do país.

O dinossauro não era tão grande

A descoberta também registrou que o dinossauro não tinha um tamanho muito avantajado, medindo cerca de 1,82m. Mbiresaurus raathi foi encontrado de forma quase intacta, faltando apenas pedaços de suas patas dianteiras e algumas porções da cabeça. Vale notar que a descoberta teve a participação de pesquisadores da USP – Universidade de Sâo Paulo no projeto.

Veja mais em Ciência!

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pin