Neste longo debate cinematográfico sobre os filmes de super-heróis, o produtor Jerry Bruckheimer decidiu se meter e defender as obras adaptadas das HQs. Conhecido por seu trabalho em Top Gun e Piratas do Caribe, sua ideia sobre a indústria é que o entretenimento justifica a presença dos personagens nas telonas e devem ser mantidos por lá.

Em entrevista ao site The Hollywood Reporter, ele afirma que é fã destas produções. “Eles são maravilhosos. Eles entretém as audiências e as pessoas os amam. Você viu o que Homem-Aranha: Sem Volta para Casa construiu na pandemia. Captaram uma audiência bem jovem e os cinemas precisavam disso. Depois veio Top Gun: Maverick, mirando um público mais velho e depois cativou a todos”.

Uma briga para Jerry Bruckheimer

Nadando contra a maré, Jerry Bruckheimer compra briga com diretores renomados como Martin Scorsese, James Cameron e Quentin Tarantino, que passaram os últimos anos criticando estes filmes em comparação ao “cinema de verdade”. A questão principal é: as telonas não comportam espaço para todos os públicos e gostos?

Veja mais em Cinema e TV!

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pin