O rapper Kanye West foi suspenso novamente da plataforma Twitter, com Elon Musk revelando que fez o que podia para manter a presença do astro, mas nem ele podia fazer algo em relação às ações do mesmo dentro da rede social. Em sua última empreitada, o cantor compartilhou que concorreria à presidência dos EUA em 2024 com uma bandeira que possuía uma suástica dentro da estrela de Davi.

Musk se pronunciou sobre o fato pessoalmente, afirmando que não teve escolha. “Eu tentei o meu melhor. Apesar disto, ele violou novamente a nossa regra sobre incitação à violência. A conta foi suspensa”.

Os discursos de Kanye West

Kanye West tinha sido suspenso, inicialmente, por discursos antissemitas e apoio ao nazismo. Assim que Elon Musk assumiu o Twitter, ele deu espaço novamente para o rapper, que voltou a incitar as mesmas ideias e foi bloqueado pela plataforma pela segunda vez. Vale notar que não apenas nos Estados Unidos, aqui no Brasil a apologia aos ideais nazistas é um crime e você pode denunciar ações do gênero ligando para o 190 de imediato.

Veja mais em Mundo Geek!

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pin