• A Microsoft já tem várias ideias para o uso das IAs dentro do universo dos videogames;
  • O diretor financeiro da empresa, Tim Stuart, discute algumas delas;
  • Ele fala sobre localização de jogos, testes e até mesmo em questões programáveis

O diretor financeiro da Microsoft, Tim Stuart, discutiu os avanços com as inteligências artificiais no mundo da tecnologia e também citou como serão os videogames com este recurso. Ele afirma que elas revolucionarão a indústria – assim como foi com o surgimento dos discos, a entrada do mercado digital e a chegada dos jogos como serviços.

Stuart defende a economia que isso trará. “Do lado dos desenvolvedores, pensem nos bilhões de dólares gastos na localização de um jogo, enredo, o que move os jogadores a se movimentarem de um ponto A para o ponto B, além dos diálogos dos NPCs”.

O profissional revela que as IAs podem tratar disso e de forma veloz. “A inteligência artificial pode trabalhar nisso tudo. Agora poderá dizer ‘Eu quero que o jogador vá deste ponto para aquele’ sem a necessidade de reescrever centenas de linhas de texto ou código. Simplesmente colocará ela para levar o jogador de A para B. Até atingirá a localização e permitirá abordar os temas em novas línguas”.

A criatividade da Microsoft

Tim Stuart também afirma que isso pode ser pensado em outros caminhos. “Quando analisamos os testes de jogos, milhões de bots IA podem percorrer um nível de Minecraft e descobrir onde os jogadores podem ficar presos, onde poderão gastar dinheiro e o que pensam da fase. Isso seria revolucionário para os estúdios que criam jogos”.

Vale notar que esta adição pode comprometer diversos empregos dentro da indústria dos videogames, dos serviços de localização até mesmo os testers – cujo caminho não foi reestruturado pela Microsoft ou qualquer outra produtora para implementarem as inteligências artificiais dentro da indústria.

Veja mais em Games!

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pin