Crianças autistas apresentam problemas significativos de desenvolvimento em várias habilidades cognitivas, como a dificuldade em manter a concentração e fazer contato visual. Interagir com outras pessoas ainda pode coloca-las em situações estressantes e cansativas.

A partir desse desafio em estimular as crianças que sofrem da condição, a LuxAI, núcleo de projetos tecnológicos da Universidade de Luxeburgo, desenvolveu o QTrobot, um robô que traz uma nova perspectiva de tratamento para auxiliar na construção do elo entre crianças, pais e terapeutas.

O robô possui um rosto em LCD e braços mecânicos, e segundo a co-fundadora do projeto, Aida Nazarikhorram, ele tem a capacidade de criar uma interação “triangular” entre seu sistema, o terapeuta e uma criança autista.

Aida explica que enviamos muitos sinais quando interagimos com uma pessoa, como o tom de voz, expressões faciais e corporais. Essas informações sobrecarregam e distraem uma criança autista. Já com o robô, as tarefas e diálogos são exatamente repetidos como da primeira vez, algo que as oferece uma interação mais confortável.

A LuxAI realizou um estudo no qual 15 meninos de 4 a 14 anos participaram de duas interações: uma com QTrobot, e outra com uma pessoa. As crianças mantiveram seus olhares fixos ao robô duas vezes mais tempo do que os olhares a um humano.

O grupo concluiu que as crianças que se sentem confortáveis com essa experiência, são capazes de maior concentração em um humano, e também apresentaram uma redução significativa da ansiedade, algo que eles notaram na simples mudança de comportamento, como a diminuição de gestos com as mãos para chamar a atenção.

Além de manter o foco da criança, o robô fortalece o vínculo entre terapeuta e paciente, sendo uma importante ferramenta complementar do acompanhamento terapêutico.

“Imediatamente, a criança começa a interagir com o terapeuta para fazer perguntas sobre o robô ou dar um feedback sobre seu comportamento”, completa Aida.

O QTrobot será apresentado no fim de agosto, na IEEE RO-MAN 2018, simpósio internacional de interação entre humanos e robôs, que acontece em Nanjing, na China.

 

[Via]

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pin