A química e aproximação entre Shuri e Namor, de acordo com Tenoch Huerta, nunca teve a intenção de parecer romântica em tela. Em Pantera Negra: Wakanda para Sempre, ambos os personagens têm a oportunidade de se conhecer melhor e tem um diálogo bem aberto sobre a situação do país africano e de Talokan, a cidade subaquática.

Porém, como os fãs conhecem bem de Namor, ele flerta com qualquer coisa que se move pela água e criaram teorias de que poderia haver um viés romântico entre os dois em determinado momento do longa-metragem. Huerta logo desmente. “Não sinto que houve algo do gênero. Acredito que foi algo mais humano, um toque íntimo da espécie. Desde a história de seus reinos, de seu povo, eles compartilham as mesmas raízes. E a ameaça vem do mesmo lugar para os dois, pela mesma razão. Eles se conectam neste aspecto”.

O brilho na tela entre Shuri e Namor

O ator também afirma que nem todas as situações, como Shuri e Namor dentro do filme, terminam em um romance. “Não precisa ser romântico para ser belo, brilhante e íntimo. A parte mais bonita do relacionamento humano é que nem sempre depende disso para oferecer profundidade. A conexão entre um homem e uma mulher se dá em diferentes níveis, não precisa entrar neste aspecto de relacionamento amoroso. E isso é muito lindo, não acham? Estes personagens criaram algo, é mágico, mas não é um romance”.

Veja mais em Cinema e TV!

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pin