liverome
Foto via silentmyworld

O Lollapalooza Brasil 2014 chegou ao fim. Foram dois dias de shows no autódromo de Interlagos, em São Paulo, que sacudiram o corpo de pessoas de todas as idades.

Realizado pela Time4Fun, que também é responsável pelo Planeta Terra, este é o terceiro ano do Lollapalooza no país e é um sucesso evidente. Em 2014 reuniu mais de 100 mil pessoas nos dois dias de festival. E quem já foi sabe: ir à festivais, independente e principalmente pelos perrengues, sempre vale a pena.

O Lollapalooza é apenas um exemplo do quanto ir à festivais é uma experiência que todo mundo deveria passar ao menos uma vez na vida. Abaixo listamos cinco razões que comprovam isso. Confira a seguir.

Motivos para ir em festivais

1 – Milhares de pessoas reunidas e dispostas a interagir

festival-musica-WE-LOVE-TRENDS
Foto via welovetrends

Os festivais abrigam milhares de pessoas reunidas e dispostas a interagirem com quem está do lado. Nem que seja por um sorriso, um esbarrão, um isqueiro empresta ou até uma conversa e algumas risadas. Já sabemos que interesses musicais em comum é um grande passo para iniciar qualquer amizade. Portanto, há chances em qualquer lugar do festival para você se divertir com alguém que nunca tinha visto antes.

2 – Lugares que você não iria

Foto via Wikipédia
Foto via Wikipédia

Neste final de semana, o autódromo de Interlagos se transformou em uma pista de corrida humana em busca do melhor lugar em frente ao palco. Em qual momento da vida você estaria em um show na pista de Interlagos? Apenas em um festival.

É certo que muitas vezes o acesso à esses locais não é fácil, pois trata-se de um local que possa comportar sonora e fisicamente muita gente e muito barulho. Sendo assim, os locais exigem que se gaste muita sola de sapato para se locomover de um lugar a outro.

Não é à toa que quem é sedentário acorda no outro dia sem conseguir andar e quem inventa de ir de salto chora sangue no final da brincadeira. Definidamente, não é o sapato adequado para isso. Festival é feito para cansar. Cansar o corpo e incendiar o cérebro de euforia musical.

3 – “Música Importa”

arcade-fire
Foto via Fabricio Vianna

Quando os apresentadores do Multishow soltam a máxima “porque música importa”, eles falam sério. Música toca a alma. Mexe com nosso jeito de ver o mundo, as pessoas e tudo a nossa volta. Música é poesia, desgraça, felicidade, lamentação, alegria, raiva e confusão.

Pode-se definir música com incontáveis adjetivos ou sentimentos. E é por isso que ela é tão importante na vida de qualquer pessoa. Ela dá a nós o ritmo para caminharmos no dia a dia. Faça um favor a si mesmo agora e ponha uma música pra tocar!

Nossa sugestão segue no player abaixo com o melhor show do Lollapalooza Brasil 2014.

4 – Diversão e diversão

Foto via keribela
Foto via keribela

Um festival é um lugar para as pessoas se aglomerarem com um único objetivo: se divertirem. Todo mundo está ali para passar bons momentos. Seja ao lado do seu parceiro, amigo, pessoas aleatórias ou apenas ao lado da banda que você admira.

Todo mundo (ou ao menos a grande maioria, eliminando as pessoas que eventualmente passam por perrengues) está sorrindo, dançando, cantando. Esperando para ouvir a próxima música e continuar o mantra… sorrir, balançar um pouco o esqueleto e apenas curtir o momento.

Você pode dizer que é possível se divertir no sofá da sua casa. Sim, de fato é. Mas nada se compara ao calor da felicidade humana em massa. São milhares de pessoas em um mesmo lugar despejando alegria e felicidade em momentos de êxtase e euforia. O ambiente, consequentemente, fica leve e agradável.

5 – Experiência antropológica

Foto via wp
Foto via wp

Não há o que fazer, o dia que você vai à um Festival vai ficar marcado na sua memória para sempre. É uma espécie de carnaval do rock à céu aberto. Um mar de gente linda, muita música e curtição. O que mais se pode querer?

*Colaborou neste post Flávio Croffi

Subscribe
Notify of
guest

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Shannon Souza
Shannon Souza
9 anos atrás

5.1 – Mulheres…

Pin