Aplicativos e sites de estudos estão cada vez mais contribuindo para a formação de estudantes. Isso porque, essas plataformas digitais possuem tecnologia que auxilia com as principais dúvidas e momentos de estudos dos alunos. Neste guia você entenderá um pouco melhor como a tecnologia poderá ser uma grande aliada nos estudos, bem como, encontrará as melhores plataformas para utilizar.

Tecnologias de auxílio ao estudante: como encontrar?

O avanço tecnológico gerou diversos benefícios. Entre eles, o acesso a informações com maior facilidade, o que auxilia e muito a vida dos estudantes. Mas, é preciso saber utilizar essa ferramenta ao seu favor porque ela também pode ser um mecanismo de distração.

Diante da importância desse ponto, destacamos a importância de selecionar plataformas confiáveis e que evitem distrações, como, por exemplo, a studybay é confiável. Isso é facilmente notado porque os profissionais da página são especializados em escrita acadêmica de TCC e demais trabalhos acadêmicos. Escolha um autor profissional e obtenha a ajuda que necessita.

Sem distrações e com foco no objetivo principal do aluno, a plataforma já auxiliou milhares de estudantes no mundo inteiro. Assim, o estudante deve buscar utilizar seu smartphone e computador com foco na sua aprendizagem. Portanto, otimize sua busca da seguinte maneira:

  • Pesquise por aplicativos com foco na sua área de estudo;
  • Explore sites confiáveis que ofereçam auxílio profissional;
  • Leia materiais de bibliotecas virtuais;
  • Utilize aplicativos que controlam seu tempo de estudo;
  • Baixe sistemas de agenda para organizar sua rotina como aluno;
  • Encontre sites que disponibilizem PDF’s para leitura.

Sites e aplicativos confiáveis para estudantes

É possível encontrar uma variedade de páginas que prometem auxiliar os estudantes no processo educacional. Mas é importante ter cuidado para não cair em fraude. Por isso, busque feedbacks de clientes que já utilizaram para ser assegurar da legalidade.

É possível encontrar essas informações no Sitejabber, Trustpilot, Reclame Aqui e outros sistemas, para saber o que os alunos estão falando sobre a usabilidade de páginas para estudantes. Se os feedbacks mostram a satisfação quanto aos serviços e usabilidade do site.

Além disso, você mesmo pode verificar a segurança da plataforma analisando os seguintes critérios:

  • Atuação no mercado;
  • Formas de atendimento ao cliente;
  • Métodos de pagamento;
  • Serviços oferecidos;
  • Garantia;
  • Prazos para entrega;
  • Profissionais que atuam na empresa.

Assim, você irá se certificar que a plataforma é segura.

Os aplicativos também podem ser utilizados, desde que sejam baixados diretamente da loja do seu sistema operacional. Basta pesquisar o nome do sistema, conforme a sua necessidade.

Se você percebe que precisa de uma agenda, por exemplo, pode pesquisar por esse próprio nome e uma série de opções irão aparecer para você escolher.

Aparelhos que auxiliam no estudo

Não é porque um material é tecnológico que ele auxiliará necessariamente os estudantes. Alguns deles podem ser até mesmo vilões se não soubermos utilizar no momento certo. Veja os três principais dispositivos que contribuem nessa tarefa:

  • Computador: um computador de mesa ou notebook auxiliam estudantes em pesquisas, elaboração de trabalho, participação de cursos, como também costumam ter espaço para salvar arquivos e materiais importantes;
  • Tablet: os tablets mais atuais possuem a função de escrever com uma caneta, como se fossem cadernos. Além disso, é possível grifar PDF’s, ler livros e outras funções que auxiliam na aquisição de conhecimento;
  • Celular: com esse aparelho é preciso ter cuidado e só utilizar em último caso. Isso porque é o local que costumamos utilizar as redes sociais e logo pode ocorrer a distração. Instale aplicativos de podcasts interessantes, audiobooks, entre outros que vão te auxiliar nos estudos.

Aproveite o aparelho que estiver ao seu alcance e desfrute de todos os benefícios que ele pode te oferecer.

Vantagens da tecnologia associada a educação

Uma pesquisa realizada pela PUC-Campinas, sobre o uso da tecnologia na educação, revela que são diversas as vantagens dessa associação. Veja algumas:

  • Maior quantidade de materiais para explorar;
  • Acesso a informações que estão disponíveis no mundo todo;
  • Experiência mais divertida e interativa;
  • Facilidade em participar de cursos e palestras a distância;
  • Capacidade de armazenamento de dados, sem necessidade do uso de papel;
  • Gerenciamento de projetos;
  • Programas de edição de texto, apresentações, entre outros.

É claro que o uso da tecnologia gera diversos benefícios. De dentro da sua casa, o aluno pode entrar em contato com professores e outros estudantes de qualquer lugar do mundo.

Essa conexão auxilia na realização de cursos com uma participação maior da comunidade acadêmica, sendo também uma forma mais acessível ao conhecimento.

Outro ponto alto é o acesso às páginas de estudos de qualquer lugar e a qualquer hora, sem limitar o indivíduo a estar em determinado local. Assim, quem não tem tempo para estudar em horários convencionais, pode fazer o seu próprio tempo.

Uma das dificuldades dos alunos também está em se manter organizado, lembrar datas de entrega de tarefas, administrar o tempo dos seus estudos, momento de revisar uma matéria, etc.

O uso de ferramentas de organização vão auxiliar na rotina, para evitar a perda de prazos. Além disso, o usuário desse mecanismo irá conseguir ter maior noção do andamento dos seus projetos.

Técnicas para aprender mais

Possuir ferramentas tecnológicas não basta para garantir a aprendizagem, é necessário saber como usá-las ao seu favor. Além disso, aplicar técnicas para aprender com maior qualidade também irá auxiliar no seu potencial como estudante.

A matéria da BBC News, com base na obra de Bárbara Oakley, mostra algumas técnicas que os estudantes podem utilizar, seja com métodos convencionais ou tecnológicos, para ter sucesso nos seus estudos. Veja:

  • O cérebro humano pode passar pelo momento de superfoco e momento de relaxamento. Ambos são importantes, sendo que o primeiro permite maior atenção e o segundo relaxamento necessário, que também pode ajudar a conectar as informações;
  • Evitar a procrastinação é uma tarefa difícil, mas é necessário. Uma estratégia para evitá-la é colocar recompensas para quando você conseguir cumprir metas. Assim, servirá como um reforço positivo para você persistir;
  • É normal ler um material e logo esquecer o conteúdo. Uma técnica é forçar a sua mente a se recordar. Assim, você deve dar total atenção ao que está lendo, fazendo anotações. Aos poucos, tente explicar para se o que acabou de aprender. Depois, tente trazer à memória esse assunto em outras situações do dia a dia.

Além disso, o material também instrui como uma boa noite de sono pode implicar nos estudos, repetição da prática de resolução de problemas, além do cuidado com o uso do smartphone.

Formas de estudar online

Existe uma variedade de material disponível na internet para quem deseja aprender sem precisar sair de casa. Você pode buscar essa facilidade das seguintes maneiras:

  • Assista vídeo aulas com o tema que você deseja conhecer mais e faça anotações importantes;
  • Inscreva-se em cursos online gratuitos, para melhorar suas habilidades em determinadas áreas;
  • Compre livros eletrônicos, pois eles costumam ser mais baratos do que os livros físicos. Baixe em seu computador e leia, você poderá grifar e fazer anotações;
  • Escute audiobooks em aplicativos de música, pois assim você aprenderá enquanto faz outras tarefas em casa, pega ônibus, etc;
  • Acompanhe um jornal online para se manter informado. Entender o que está acontecendo no mundo também é uma forma de adquirir mais conhecimento;
  • Utilize aplicativos que o ajudem a estudar, bem como, gerenciar seu tempo de estudo. Por exemplo, o Duolingo é um excelente aplicativo de estudos, o Evernote ajuda a fazer anotações das partes mais importantes, o Google Agenda pode ser ótimo para organizar seu tempo de estudos, e o Notion poderá auxiliar no momento de organizar a produtividade;
  • Exercite sua escrita por meio de aplicativos de textos que possuem corretor ortográfico.

Materiais de referência

Livro: Aprendendo Inteligência: manual de instruções do cérebro para estudantes em geral – Pierluigi Piazzi.

Livro: Aprendendo a Aprender: Barbara Oakley.

Livro: Educação sem Distância, as Tecnologias Interativas na Redução de Distâncias em Ensino e Aprendizagem: Romero Tori.

Livro: Educação e tecnologias: O novo ritmo da informação: Vani Moreira.

BBC News – ‘Aprendendo a aprender’: 3 técnicas indicadas por cientistas para qualquer pessoa melhorar nos estudos.

Artigo científico: O USO DA TECNOLOGIA COMO FACILITADORA DA APRENDIZAGEM DO ALUNO NA ESCOLA. Disponível em: https://atividadeparaeducacaoespecial.com/wp-content/uploads/2014/08/USO-DA-TECNOLGIA.pdf.

Ensaio científico: O uso das TICs como ferramenta de ensino-aprendizagem no Ensino Superior. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/3332/333239878002.pdf.

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pin