Cem Anos de Solidão é uma das obras mais consagradas da literatura latino-americana, concebida pelo escritor colombiano Gabriel García Márquez em 1967.

O livro foi traduzido em 37 línguas e vendeu dezenas de milhões de cópias; está entre os mais lidos e traduzidos do mundo todo.

Não à toa existem 100 edições pelo mundo afora. O site Literary Hub reuniu todas elas, desde a primeira edição lançada até hoje.

A seleção reúne as primeiras edições colombiana e americana, outras antigas do Reino Unido, União Soviética, Brasil e muitas outras mais.

É interessante observar como cada design de capa se transforma de acordo com a época e país de publicação. Na Holanda, por exemplo, um exemplar traz o quadro “Abaporu” de Tarsila do Amaral como ilustração.

As 100 capas de Cem Anos de Solidão

Cem Anos de Solidão é um dos livros mais emblemáticos do realismo mágico, estilo associado a autores latino-americanos como Jorge Luis Borges e o próprio García Márquez.

No livro, acompanhamos a história de várias gerações da família Buendía, cujo patriarca fundou a cidade fictícia de Macondo, na Colômbia.

Abaixo você confere alguns exemplares, mas pode acessar todo o material neste link.

As 100 capas de Cem Anos de Solidão

As 100 capas de Cem Anos de Solidão
Primeira edição publicada nos EUA, em 1970
Edição de 1985
Primeira edição colombiana
Edição árabe
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pin