Em breve será possível sentir cheiros na realidade virtual, ou no metaverso. Graças a um sistema de feedback olfativo sem fio desenvolvido por pesquisadores da City University of Hong Kong (CityU).

O primeiro design é um dispositivo integrado à pele, semelhante a um adesivo, que possui dois geradores de odor (OGs) miniaturizados, que podem ser diretamente fixados no lábio superior humano.

Como os OGs funcionam? Aquecendo e derretendo uma cera de parafina odorífera presente neles, ocorre uma mudança de fase, o que significa que diferentes odores de concentração ajustável são liberados.

Para interromper os odores, os OGs resfriam a temperatura da cera controlando o movimento do atuador térmico.

A próxima geração do sistema de olfação apresentará um tempo de resposta mais curto, tamanho menor e maior densidade de integração para aplicações em realidade virtual (VR), realidade aumentada (AR) e realidade mista (MR).

“As interfaces humano-máquina recentes destacam a importância do feedback sensorial humano, incluindo visão, áudio e haptics, associados a amplas aplicações em entretenimento, tratamento médico e VR/AR. No entanto, as tecnologias de geração de odores atuais estão principalmente associadas a grandes instrumentos para gerar odores em uma área ou sala fechada, ou a um conjunto de VR volumoso”, disse o Dr. Yu Xinge, professor associado no Departamento de Engenharia Biomédica da CityU.

Veja mais sobre no vídeo abaixo (em inglês).

O dispositivo para sentir cheiros na realidade virtual

Veja mais sobre tecnologia!

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pin