O empresário Elon Musk garantiu que processará a empresa Meta pela criação do Threads, alegando que eles não estão apenas copiando o Twitter – mas também de ter contratado ex-funcionários da sua plataforma que sabem os segredos para compor a rede social, além de tirar proveito destas informações confidenciais para fortalecer seu próprio aplicativo.

Ele ainda garante que muitos deles ainda têm acesso a estas funções corporativas, com Mark Zuckerberg buscando ainda mais vantagens. Ao The Verge, o diretor de comunicações do Threads – Andy Stone – diz o contrário. “Ninguém na equipe de engenharia do Threads é ex-funcionário do Twitter, isso simplesmente não é uma verdade”.

A queda de Elon Musk

Vale notar que o Threads está atingindo cada vez mais usuários, chegando aos 50 milhões em menos de 24h de seu lançamento. Enquanto isso, o Twitter sofre com cada vez mais reclamações – na última semana, por exemplo, foi revelado pelo seu dono que teríamos um limite de publicações visualizadas por dia, ainda que isso seguisse temporariamente. Muitos decretaram a sua saída da rede social e encontraram na concorrência um novo espaço para ser explorado.

Veja mais em Web!

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pin