A NASA usou seu LCRD (Demonstração de Comunicação a Laser) para enviar fotos de animais de estimação ao ILLUMA-T (Terminal de Módem e Amplificador de Usuário em Órbita Baixa Integrado ao LCRD) na estação espacial, a 1,2 gigabits por segundo, muito mais rápido do que a maioria das velocidades de internet doméstica.

A mídia começou sua jornada em um computador em um centro de operações de missão em Las Cruces, Novo México. De lá, os técnicos encaminharam os dados para estações terrestres ópticas na Califórnia e no Havaí.

As equipes então modularam os dados em lasers e enviaram os sinais para o LCRD da NASA, localizado a 35.000 Km acima da Terra em órbita geoestacionária. Finalmente, o LCRD retransmitiu os dados para o ILLUMA-T, uma carga atualmente montada na parte externa da ISS.

“A campanha de imagens de animais de estimação tem sido gratificante em múltiplos aspectos para as equipes do ILLUMA-T, LCRD e HDTN. Não apenas demonstraram como essas tecnologias podem desempenhar um papel essencial na capacitação das futuras missões de ciência e exploração da NASA, mas também proporcionou uma oportunidade divertida para as equipes ‘imaginarem’ seus animais de estimação auxiliando nesta demonstração inovadora,” disse Kevin Coggins, vice-administrador associado e gerente do programa SCaN na Sede da NASA em Washington.

Veja mais sobre tecnologia e ciência!

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pin