Como reviver o hábito da leitura e interesse pela literatura em tempos de pressa e vícios em smartphone? A start-up Short Edition, com sede em Grenoble, na França, pensou nisso e desenvolveu uma máquina de vendas que distribui pequenas estórias de graça. A ideia é instala-las em locais movimentados, como pontos de transporte, aeroportos, restaurantes e até bibliotecas públicas.

As máquinas têm configuração de tótem e possuem três botões que indicam opções de estórias de “um minuto”, “três minutos” ou “cinco minutos”. As seleções dos títulos ainda podem ser adaptadas de acordo com interesses específicos, como por exemplo, ficção para crianças, romances ou clássicos.

Os escritos são obtidos através de um catálogo com mais de 100.000 estórias que, ao serem selecionadas, são impressas rapidamente em uma longa folha de papel.

Infelizmente, a empresa ainda não trouxe essa ideia para o Brasil. Mas aguardamos esperançosos que um dia elas sejam instaladas por aqui.

Uma máquina de vendas que distribui pequena estórias

O diretor de cinema Francis Ford Coppola gostou tanto da ideia que, em 2016, instalou uma em seu restaurante “Zoetrope Café“, localizado no bairro North Beach, em São Francisco.

“Eu amei a ideia de uma máquina de vendas que não oferece batatas fritas, cervejas ou cafés por dinheiro, mas concede arte. Especialmente gostei da ideia de que não é preciso colocar dinheiro nela”, ele diz.

Confira uma visita ao café do Coppola.

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pin