Durante séculos os mitos gregos foram utilizados como ferramentas de compreensão sobre fatos da realidade, fenômenos da natureza, origens do mundo e do homem.

O designer Stephen Kelleher e o animador Chris Guyot se uniram para interpretar essas histórias antigas em uma era de pixels e Gifs. No video intitulado Mythos, eles explicam através de animações minimalistas as metáforas que são relevantes até hoje.

Mythos from Stephen Kelleher on Vimeo.

Se quiser saber mais, abaixo alguns resumos dos mitos gregos apresentados no vídeo.

Sísifo

Após uma série de desobediências, Zeus decidiu punir o rei Sísifo de uma vez por todas, e condenou a ele uma eternidade de trabalho frustrado: empurrar uma enorme rocha de mármore até o cume de uma montanha, e toda vez que chegasse ao topo, a pedra rolaria novamente até o chão.

Ícaro

O rei Minos prendeu Ícaro em uma torre ao lado de seu pai, o mestre artesão Dédalo. Para a fuga de seu filho, ele criou um conjunto de asas feitas de penas e cera, mas avisou a ele que não voasse muito perto do Sol. Ícaro não considerou o conselho. Suas asas foram dissolvidas pelo calor, ele caiu no mar e se afagou.

Perséfone

Filha de Zeus e Deméter, Perséfone foi sequestrada pelo Deus do submundo, Hades. Zeus conseguiu resgatá-la, mas ela estava condenada a retornar à Hades a cada quatro meses todo ano. Deméter determinou que deixaria os solos estéreis durante este tempo, criando o inverno. O retorno de Perséfone marcaria o começo da primavera.

Narciso

Narciso era um jovem bonito de Boécia, que despertava amor nos homens e nas mulheres, mas era arrogante e desprezava a todos. As moças então pediram aos deuses para vingá-las. Como uma lição, a deusa Nêmesis condenou Narciso a se apaixonar pelo seu próprio reflexo na lagoa de Eco. Obcecado pela própria beleza, ele definhou absorto em sua imagem.

Midas

Baco concedeu um dom à Midas, rei da Frígia. Ele pediu que pudesse transformar em ouro tudo o que ele tocasse. Ao transformar comida, água e até mesmo sua própria filha em ouro, logo percebeu sua tolice e orou para que Dionísio desfizesse seu desejo. Com pena do rei, Dionísio atendeu ao desejo.

Teseu

Sob decreto do rei Minos, a cada nove anos, catorze jovens atenienses deveriam ser enviados como banquete ao Minotauro – uma criatura meio touro, meio homem, que morava no Labirinto. Teseu matou o Minotauro e conseguiu escapar o complexo Labirinto, se tornando o lendário herói grego de muitas aventuras.

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pin