O novo parceiro do Batman nos quadrinhos é um cara bem estranho, para se dizer o mínimo. Se é que podemos chamar de “cara” também, né. O ajudante em questão é ninguém menos que o esqueleto falante do comissário James Gordon.

Onde o novo parceiro do Batman aparece

O “Esqueleto Jim” emerge da psique de Bruce Wayne em Chip Zdarsky e Batman #131, de Mike Hawthorne.

Depois de uma batalha quase fatal contra o implacável androide Failsafe, Batman acorda no que parece ser uma versão alternativa do Beco do Crime em um universo alternativo. Aqui, ele começa a ver e ouvir uma versão de seu amigo e aliado Jim Gordon, só que ele está um pouco diferente.

Bruce assume que o companheiro, capaz de ouvir seus pensamentos e visível apenas para ele, existe em sua mente como resultado do “envenenamento do multiverso”.

Como Batman foi parar nessa

Recentemente, Batman tem lutado contra Failsafe, um androide criado como uma medida preventiva contra o dia em que ele cederá ao seu desejo de matar os vilões de Gotham.

Batman tentou derrotar o Failsafe instalando empatia em seus sistemas, mas isso parece ter sido uma vitória parcial. Em um confronto final entre os dois, Failsafe atirou em Batman com uma viga que parecia matá-lo, mas em vez disso o enviou para uma Gotham alternativa, que nunca teve um Batman para protegê-la.

Esta nova realidade em que Batman se encontra parece uma versão ainda mais sombria de sua Gotham. O ajudante psíquico de Bruce, em contraste, é tudo menos sombrio – um companheiro esquelético ambulante e falante, completo com cachimbo, bigode e sobretudo.

“Sou só eu, seu bom amigo Jimbo! Lutamos contra o crime juntos! Biff! Bam! Pow!”, diz o personagem. Ou seja, ele é uma versão um pouco satírica do Comissário.

A pergunta que fica ali é sobre como Batman voltará para casa – e se ele escolherá fazê-lo, confrontado com uma Gotham que precisa muito mais dele.

Veja mais sobre HQs!

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pin