A The LEGO Group apresentou os resultados financeiros do primeiro semestre de 2023 e, apesar de continuar gerando lucro e receita, mostrou proporções preocupantes em relação ao mesmo período do ano anterior. Enquanto tinha revelado um aumento de receita de 17% na primeira metade de 2022, neste ano o crescimento foi apenas de 1%.

Já as vendas ao consumidor final se saíram um pouco melhor, com um crescimento registrado de 3% neste quesito. Apesar de continuar sendo um saldo positivo (o que é muito melhor do que prejuízos, vamos ser honestos), estes resultados podem impactar nos próximos investimentos ou na estratégia atual da empresa.

A posição da The LEGO Group

O CEO da corporação, Niels B. Christiansen, segue otimista mesmo com a queda. “Nossa forte posição financeira nos permite investir a longo prazo, particularmente em áreas digitais, de sustentabilidade e de fabricação. De qualquer modo, nossa performance está alinhada com as expectativas, depois de três anos de um crescimento extraordinário nós somos gratos aos grandes colegas que trabalham diariamente para inspirar as crianças através das brincadeiras”. Novas fábricas estão sendo construídas no Vietnã e nos Estados Unidos – assim como estão expandindo seus negócios no México, República Tcheca, Hungria e China.

Veja mais em LEGO!

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pin