Cientistas da Universidade Central do Sul de Silvicultura e Tecnologia (CSUFT), desenvolveram um inovador material de bambu transparente.

Liderados pelos professores Yiqiang Wu e Caichao Wan, eles conseguiram criar um material a base de bambu com uma barreira retardante de chama de três camadas que reduz a liberação de calor, retardando assim a propagação do fogo, e restringe a emissão de voláteis combustíveis, fumaça tóxica e dióxido de carbono.

Como a estrutura interna e a composição química do bambu são muito semelhantes às da madeira, os pesquisadores só precisam remover a lignina antes de infundi-lo com silicato de sódio líquido inorgânico, o que altera a refração da luz nas fibras para torná-lo transparente.

Em seguida, o material é tratado para torná-lo superhidrofóbico, ou repelente à água. O bambu transparente resultante tem uma transmitância de luz de 71,6%, é retardante de chamas, repelente à água e capaz de bloquear fumaça e monóxido de carbono.

“O bambu, frequentemente referido como ‘a segunda floresta’, possui uma taxa de crescimento e regeneração rápida, permitindo que atinja a maturidade e seja utilizado como material de construção dentro de 4 a 7 anos de crescimento… com uma produção 4 vezes maior que a madeira por acre, o bambu é reconhecido por sua eficiência excepcional,” disse Caichao Wan, Professor da Universidade Central do Sul de Silvicultura e Tecnologia (CSUFT).

Veja mais sobre tecnologia!

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pin