Elefantes são criaturas fascinantes e imponentes. Mas nada se compara a essa senhora elefanta fotografada por Will Burrad-Lucas, ou “Rainha dos Elefantes”, como ele prefere chama-la.

O fotógrafo viajou em 2017 até Tsavo, no Quênia, a convite da organização de proteção à vida selvagem, Tsavo Trust, para documentar em imagens os elefantes que vivem por ali.

Enquanto explorava a área, ele foi informado de que no local vivia uma elefanta idosa de temperamento gentil, chamada F_MU1. Junto da equipe ele saiu em busca do animal.

Quando finalmente se encontrou com ela, diz que foi uma experiência muito mais surreal do que esperava.

“Eu tive um vislumbre das costas de um elefante entre os arbustos e, segundos depois, ela apareceu. Fiquei sem palavras. F_MU1 era magra e idosa, mas andava com uma graça majestosa. Suas presas eram tão longas que se arrastavam pelo chão. Ela era como uma relíquia de uma era passa”, revela o fotógrafo.

Will então a apelidou de “Rainha dos Elefantes”, e passaram juntos um dia inteiro, onde ele pôde fotografá-la tomando um banho refrescante e passeando pelas paisagens.

O fotógrafo teve a oportunidade de fazer vários ensaios com ela ao longo da viagem, e capturou em fotografias preto e branco todos os detalhes mais belos que sua pele carrega do tempo.

Semanas após os ensaios, a elefanta faleceu. Acreditam que seja devido a uma seca que atingiu a região, e debilitou os elefantes mais novos e os mais velhos.

A longa vida de F_MU1 é o testemunho do trabalho que a Tsavo Truste dedica em proteger os animais selvagens vitimas de caças ilegais. Ali, eles vivem de acordo com o que a natureza rege.

“Como fotógrafo de vida selvagem, um tema como o F_MU1 é incrivelmente raro; uma criatura que é única – possivelmente a mais notável de sua espécie – e ainda um animal que poucos fotografaram antes. O tempo que passei com ela foi um verdadeiro privilégio.”, ele diz.

A “Rainha dos Elefantes” estampa a capa do livro Land of Giants, que compõe as fotografias que Lucas fez em viagem pelo Quênia, testemunhando elefantes vivendo livremente na natureza, longe da exploração dos homens.

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pin