No alto do cume do Monte Washington, em New Hampshire, o Observatório Mount Washington segue a tradição desde 1930 de ter um mascote felino. Marty foi o último a ser adotado pelos funcionários do local; lá, o gato viveu por 12 anos felizes.

O Maine Coon preto de presença imponente foi resgatado do abrigo Conway Area Humane Society quando tinha 3 anos. Ao longo de 12 anos, ele fez companhia para os funcionários enquanto eles enfrentavam longos turnos de trabalho.

O observatório está situado a 1.917 metros acima do nível do mar, e contam que vivem sob as piores condições climáticas do mundo. Do alto da montanha, os profissionais coletam dados meteorológicos a cada hora do dia, e o trabalho é especialmente importante durante a temporada de inverno.

Marty foi uma presença importante na vida dos funcionários enquanto eles estavam isolados do mundo. O gato de temperamento dócil adorava se deitar no colo dos seus colegas de trabalho e se esfregar em suas pernas.

Em 2008, foi eleito o “Melhor Gato” do Mount Observatory, com 8 mil votos. Ele faleceu em novembro de 2020 devido a uma doença inesperada.

Os funcionários ainda não sabem quem será o sucessor de Marty. Por enquanto, lamentam a perda e homenageiam a memória do felino.

Marty, o gato que viveu por 12 anos em um observatório no cume de uma montanha


Leia também: A beleza mística da raça de gatos Maine Coon | Campanha visa erguer uma estátua do primeiro gato enviado ao espaço

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pin