Segundo o maior levantamento de cultura feito entre a população brasileira, o Rock ainda não morreu, mas o Sertanejo e o Funk são os gêneros musicais que mais dominam o País.

Os resultados são da pesquisa “Cultura nas Capitais”, realizada pela J.Leiva Cultura e Esporte em parceria com o Datafolha, que mapeia todos os hábitos culturais dos brasileiros através de entrevistas em 12 capitais do País.

Foram entrevistadas 10.630 pessoas com mais de 12 anos, dentre as quais apontaram um Top 5 em interesse por estilos musicais: sertanejo (37%), MPB (27%), Rock (21%), Pagode (17%) e Pop (17%).

Mas onde fica o Funk, que tem ganhado cada vez mais espaço na indústria musical por aqui? Embora o pancadão tenha ficado fora do Top 5, a pesquisa mostra que o gênero tem maior alcance entre os jovens: a preferência é entre 55% das pessoas de 12 a 15 anos, enquanto é lembrado entre 28% das pessoas de 16 a 24 anos.

Os jovens de 16 a 24 anos mostram que a força também está no Rock (26%) e no Pop (28%). Já os acima dos 25 anos mostram um interesse maior por MPB, sertanejo e música gospel.

Segmentações e segregações musicais

Além de determinar os índices de interesses por faixa etária, a pesquisa ainda revelou como certos estilos estão propensos aos regionalismos e ainda podem ser elitizados e segregados.

Entre as 12 capitais, o forró lidera em Fortaleza, Recife e São Luís. A MPB se concentra no Rio de Janeiro. E o sertanejo se estende por Brasília, Belo Horizonte, Curitiba, Manaus, Porto Alegre e São Paulo.

Os traços do elitismo se revelam entre as pessoas que possuem ensino superior completo, por exemplo, que dão preferência ao MPB e o Rock And Roll. Quando se trata de renda, as classes A e B preferem a MPB.

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pin