A obra Bleach, do autor Tite Kubo, já estava morta e enterrada. Tirando o lançamento de “Burn the Witch” e do capítulo extra “No Breathes from Hell”, nada de muito empolgante sobre o mangá e o anime tinham sido divulgados e os fãs já esperavam que nada de tão empolgante saísse. Afinal de contas, com uma história finalizada em 2016, o que poderíamos aguardar, não é mesmo?

Como um verdadeiro sopro de vida, a Shueisha, Viz Media e diversos outros resolveram que as aventuras de Ichigo Kurosaki ainda não tinham sido encerradas e que a saga merecia uma segunda chance. E a partir disso, vimos um dos grandes retornos que a obra poderia ter – alcançando não apenas os fãs antigos, mas também conquistando novos conforme avança.

A volta de Bleach

Um dos maiores marcos recentes de Bleach foi o anúncio da adaptação de “The Thousand-Year Blood War” para a animação. Não apenas seria levada para encerrar sua exibição – que viu seu último episódio em 2012, mas também atrairia o público por outras razões.

Não é segredo para ninguém que o mangá não andava bem de popularidade, principalmente depois do arco Fullbringers. Com o público lotando a caixa de mensagens da Weekly Shonen Jump de críticas negativas e cada vez menos pessoas acompanhando a obra, o arco “The Thousand-Year Blood War” foi encurtado – para encerrar a história de vez e permitir que trouxessem outros mangás que preencheriam este espaço.

A proposta de trazer o anime de Bleach em 2022, 10 anos depois, também atendia à intenção de revelar ao público como seria este arco sem os cortes e a corrida para terminar a história. Veja bem, Tite Kubo nunca prometeu algo totalmente diferente do que foi visto do mangá, apenas trazer conteúdo adicional para enriquecer mais a trama e seus personagens.

Isso envolvia diálogos que não estavam presentes no original, assim como alguns combates e até habilidades como as Bankai que não foram mostradas. E com isso, caros leitores, o anime reacendeu a chama dos fãs – qual todos já se atentaram que é excelente para trazer todo o seu universo de volta junto e de forma definitiva.

Em passos lentos, mas caminhando

Assim como o anime trouxe os fãs apaixonados de volta, o one-shot “No Breathes from Hell” promete dar sequência às aventuras dos Shinigamis de forma épica. A sequência de Bleach ainda não foi confirmada pela Shueisha, mas considerando que sua história foi reapresentada de forma competente e que eles sabem que terá público, dificilmente a deixarão de lado por muito tempo.

O anime segue para a sua terceira cour, que promete trazer combates ainda mais intensos e o grande final do mangá original. O trailer da animação garante ao público que veremos cenas inéditas que não existiam na obra publicada no passado, o que deixa as coisas ainda mais empolgantes para quem está acompanhando desde os tempos antigos e quem começou agora para maratonar tudo de uma só vez.

E não para por aí, já que esta iniciativa de trazer Bleach de volta se tornou multimidiática. Se o mangá promete um futuro e o anime continua fazendo um estrondoso sucesso, a Bandai Namco fez questão de anunciar recentemente o jogo “Rebirth of Souls”. Ou seja, todos estão investindo seus esforços para garantir que a franquia continue viva no coração dos fãs – sejam antigos ou novos.

Veja mais:

Pode ser cedo para proclamar que a obra teve um glorioso retorno, mas tudo indica que ela será uma das maiores voltas de uma história nesta década atual. Se vimos Dragon Ball Super dar vida a um novo universo de DBZ e até Boruto, que por bem ou por mal continuou ampliando a visão do público sobre os ninjas de Konoha, Bleach também terá o seu lugar ao sol – sendo apenas uma questão de tempo para “quando” isto ocorrerá.

Veja mais em Animes, Animações e Curtas!

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pin